Notícia atualizada às 20:51

Cerca de 100 mil pessoas manifestaram-se este domingo na Praça da Independência, em Kiev, contra o Presidente Viktor Ianukovitch e depois de terem sido aprovadas novas leis que reforçam as sanções contra os manifestantes.

Os manifestantes envolveram-se em confrontos com a polícia e, segundo o ministro do Interior, 30 agentes ficaram feridos, quatro dos quais em estado grave.

Os manifestantes reuniram-se na praça ocupada pela oposição ucraniana pró-europeia há cerca de dois meses, num movimento de protesto desde que o chefe de Estado se recusou a assinar, em novembro, um acordo de associação com a União Europeia em favor de uma aproximação com Moscovo.

Dezenas de manifestantes utilizaram, durante o protesto, panelas, caixas de papelão e máscaras de Carnaval, num sinal de escárnio contra uma das novas leis aprovadas no final da semana passada.