O chefe de Estado francês e a chanceler alemã solicitaram esta quinta-feira ao Presidente russo, Vladimir Putin, que exerça toda a influência para terminar com o conflito na Ucrânia e ameaçaram com novas sanções internacionais.

François Hollande e Angela Merkel insistiram que Putin deve fazer «todos os esforços necessários para convencer os grupos armados e garantir no imediato o fim das hostilidades» no leste federalista e pró-russo da Ucrânia.

«Caso contrário, existe o risco da adoção de novas medidas pela comunidade internacional que afetarão as relações com a Rússia», indicaram os dois responsáveis num comunicado da presidência francesa.