O tufão Matmo provocou pelo menos 13 mortos e afetou já 2,5 milhões de pessoas na sua passagem pela China, informou este domingo o Ministério dos Assuntos Civis.

Nove das mortes ocorreram na província oriental de Jiangxi e quatro na meridional de Cantão, de acordo com as informações oficiais citadas pela agência Xinhua.

Até hoje de manhã, mais de 2,5 milhões de pessoas tinham sido afetadas pelo impacto do tufão, que passou por oito províncias chinesas.

Cerca de 289 mil pessoas nessas províncias tiveram de ser realojadas e 37 mil necessitam de assistência urgente.

Matmo, o décimo tufão que afeta a China este ano, destruiu casas e campos de cultivo que equivalem a perdas económicas de perto de 547 milhões de dólares (cerca de 400 milhões de euros).