A família de Berkin Elvan anunciou esta terça-feira, no Twitter, que o jovem, em coma desde junho do ano passado, não resistiu e acabou por morrer.

Berkin fez 15 anos em janeiro, mas o dia não foi de festa. Continuava em coma.

Hoje, depressa uma vigília surgiu à porta do hospital de Istambul onde Berkin esteve internado. Fotografias do rapaz pregada no chão com um pão.

O adolescente ficou doente em junho quando saiu de casa para comprar pão para a família. Atingido por uma lata de gás lacrimogéneo que a polícia usava para dispersar a multidão de manifestantes no Parque Gezi, em Istambul, na Turquia.

Recorde: Manifestantes turcos anunciam grande protesto em Istambul.