Um adolescente nos EUA foi acusado pelas autoridades depois de ter conseguido enganar a segurança e subir, durante a noite, até ao cimo do One World Trade Center, em Nova Iorque. O jovem, de 16 anos, passeou livremente, durante quase duas horas, dentro da torre inacabada e tirou fotografias do topo do prédio mais alto do país, antes de ser descoberto.

De acordo com a Sky News, Joe Pentangelo, porta-voz da Autoridade Portuária de Nova Iorque e Nova Jérsia, disse que o adolescente conseguiu ter acesso à zona em obras através de uma abertura numa cerca. O rapaz subiu depois pelos andaimes e conseguiu esgueirar-se a um segurança no piso 104 do edifício. Esse guarda já foi demitido, afirmou o mesmo porta-voz.

De acordo com o relatório criminal, o adolescente disse à polícia que «andou à volta da obra e descobriu como ter acesso ao telhado da Torre da Liberdade». «Encontrei uma forma de chegar até ao andaime, subi até ao 6º andar, e apanhei o elevador até ao 88º andar», afirmou. «Depois subi pelas escadas até 104º andar. Fui para o telhado e subi a escada até à antena», acrescentou.

O adolescente, cuja câmara fotográfica e o telemóvel foram apreendidos pela polícia, é acusado do crime de transgressão.

«Levamos a segurança e este tipo de infrações muito a sério e processamos os infratores», afirmou o diretor de segurança da Autoridade Portuária. «Continuamos a reavaliar a nossa política de segurança e estamos constantemente a trabalhar para tornar este local o mais seguro possível», acrescentou Joe Dunne.

Uma investigação está em curso para determinar se o adolescente pode ter tido acesso a outras portas do edifício.

De acordo com a Sky News, o One World Trade Center deverá abrir ao público ainda este ano.