O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, aprovou um projeto de tratado para incorporar a Crimeia na Federação Russa, numa resolução publicada esta terça-feira no portal oficial russo de informação jurídica, noticia a agência EFE.

O documento, com data de segunda-feira, aprova «o projeto de Tratado entre a Federação Russa e a República da Crimeia sobre a incorporação da República da Crimeia na Federação Russa».

«Considerar conveniente a assinatura do tratado contemplado na presente resolução ao mais alto nível», conclui a resolução do chefe do Kremlin.

A agência France Presse noticia por seu lado, citando o Kremlin, que Putin informou hoje formalmente o parlamento russo do pedido do parlamento da Crimeia para se tornar parte da Rússia, naquele que é o primeiro passo legislativo para a anexação da península, até agora pertencente à Ucrânia.

Putin informou ambas as câmaras do parlamento, numa medida exigida pela constituição Russa.

Hoje, Putin intervém no parlamento, numa reunião extraordinária sobre a incorporação da Crimeia.

A intervenção do chefe de Estado está prevista para as 15:00 (11:00 em Lisboa), no mesmo formato em que Putin, uma vez por ano, apresenta o seu relatório sobre o Estado da Nação.