Chama-se Jeff Mizanskey, tem 61 anos e é o cidadão norte-americano do estado do Missouri que está preso desde os 41 anos por posse e venda de «marijuana». A grande questão é que foi condenado há 20 anos a uma sentença perpétua sem qualquer possibilidade de liberdade condicional.

Chris Mizanskey, filho de Jeff, vê na petição que lançou no «site» change.org a última oportunidade para voltar a ver o seu pai em liberdade. «O meu pai é, e sempre foi, um homem bom. Nunca foi violento e é um prisioneiro exemplar. Nos 20 anos que tem passado naquela pequena cela, ele viu criminosos violentos, violadores e homicidas "pagarem as suas dívidas" e saírem, às vezes para regressarem apenas uns meses depois», escreve Chris no texto da petição.

O alvo da petição - conta com quase 180 mil assinaturas em dois meses - é o governador do estado norte-americano do Missouri, Jeremiah Nixon: «É a única pessoa que tem o poder para trazer o meu pai para casa, garantindo-lhe clemência e considerando os 20 anos de prisão suficientes.»

Política de «três crimes»

Chris Mizanskey explica na petição que a condenação final foi fundamentada na política do Missouri de «três crimes» - significa prisão perpétua sem liberdade condicional para quem foi condenado três vezes.

Também segundo escreve o filho de Jeff, o primeiro ilícito cometido, em 1984, foi vender «uma onça» (mais de 28 gramas) de «marijuana» a um «informador infiltrado», sendo que, um dia depois, a polícia encontrou mais produto estupefaciente do género na habitação do suspeito (mais de 200 gramas).

Sete anos depois, em 1991, Jeff foi detido na posse de cerca de 55 gramas de «marijuana». O terceiro e último crime é descrito assim por Chris: «Foi uma presa fácil numa conspiração para distribuir "marijuana". Ele deu boleia a um amigo, o que se transformou numa operação policial. Todos os outros homens envolvidos que foram condenados já estão em liberdade, mas ao meu pai foi aplicada uma sentença de morte virtual.»

«Tudo o que o meu pai quer é ser integrado na sociedade, trabalhar e pagar impostos, estar com a sua família. Tudo o que eu quero é o meu pai de volta», afirma ainda Chris Mizanskey.

Uma proposta para a legalização da «marijuana» no estado do Missouri está já a avançar, muito impulsionada pelo caso de Jeff Mizanskey, tema de muitas notícias.