O Papa Francisco atraiu ao Vaticano, nos seus dez meses de pontificado, quase três vezes mais fiéis do que o seu antecessor, o Papa Bento XVI, durante todo o ano.

Segundo «dados aproximados» do Vaticano divulgadas à imprensa, «6.623.900 fiéis» estiveram presentes nas audiências semanais, celebrações litúrgicas e missa dominical desde a eleição para Papa do argentino Jorge Mario Bergoglio, a 13 de março de 2013.

Só nas audiências semanais, que geralmente se realizam às quartas-feiras, o Vaticano contabilizou mais de milhão e meio de participantes, uma média de 51.500 em cada uma.

A título de comparação, os primeiros 15 meses do pontificado de João Paulo II (1978-2005) atraíram uma média de fiéis de 33 mil por audiência.