Uma pintura de nenúfares de Claude Monet foi vendida na segunda-feira por 31,7 milhões de libras (39,7 milhões de euros), em Londres, registando a segunda maior soma paga por um trabalho do artista francês.

Segundo a agência France Presse, a pintura Nympheas, de 1906, foi comprada por um anónimo.

O quadro, facilmente reconhecível como parte do trabalho impressionista, integrou a coleção de Paul Durand-Ruel e depois da morte deste negociante de arte foi exposto em locais como o Museu de Arte Moderna de Nova Iorque e o Museu Nacional de Arte Moderna de Paris.