A poeta e escritora Maya Angelou morreu esta quarta-feira, aos 86 anos.

A notícia foi confirmada pelo presidente da câmara da cidade em que vivia, na California.

Maya Angelou nasceu no Missouri, em abril de 1928, e tornou-se uma das mais famosas escritoras americanas dos últimos cinquenta anos.

Na fotografia abaixo, a poeta, já visivelmente debilitada, recebe um prémio na presença de Michelle Obama.

A sua primeira obra dá pelo nome «I Know the Caged Bird Sings», e lançou cinco colectâneas de poesia, entre as quais «I Shall Not Be Moved» e «Shaker Why Don't You Sing?»

Traduzido para português encontra «Carta à minha filha», editado pela Estrela Polar.

A NBC recorda uma frase da autora: «Aprendi que as pessoas podem esquecer-se daquilo que lhes dizes, podem esquecer-se daquilo que fizeste, mas nunca se esquecem das sensações que lhes provocaste».