Um novo ataque de homens armados contra uma escolta militar de viaturas na principal estrada de Moçambique, no centro do país, na sexta-feira, fez três feridos, disseram este sábado à Lusa várias fontes.

O ataque visou um autocarro de passageiros, que ficou imobilizado, tendo já sido levado para o posto policial de Muxúnguè, a região mais atingida pela tensão político-militar na região centro de Moçambique.

«Foi na primeira coluna da sexta-feira, quando os homens da Renamo atacaram um machimbombo (autocarro de passageiros). Furaram todos os pneus de trás e duas senhoras foram atingidas. Outro senhor também foi ferido durante a agitação quando a coluna parou» explicou à Lusa ao telefone, Helena Baptista, que se encontrava no local.