O novo ministro do Comércio francês, Thomas Thevenoud, demitiu-se esta quinta devido a «problemas com os seus impostos», informou fonte governamental, naquele que é mais um problema para o Presidente Francois Hollande.

O deputado socialista tinha sido nomeado há menos de 15 dias, durante uma remodelação governamental, depois de uma revolta contra as medidas de austeridade ter provocado uma crise no Executivo.

Fonte governamental disse à AFP que Thevenoud se demitiu depois de admitir que tinha «um problema com a sua declaração de impostos; não resignou devido a qualquer desacordo político», como cita a Lusa.