Uma menina de três anos foi acusada de assalto à mão armada depois de os vizinhos terem feito uma denúncia, em Jhansi, na Índia, segundo o «Telegraph».

A polícia chegou a casa da família da criança com ordens para questionar a «suspeita» que apenas tinha sido identificada pela alcunha Guddi. Quando viram que se tratava de uma menina de três anos perceberam que tinham recebido falsas informações.

A família demorou dois meses a conseguir que a polícia retirasse as acusações contra a criança.

Esta não é a primeira vez que a menina é acusada de assalto à mão armada. Tudo porque há um conflito entre famílias locais que gera denúncias falsas e maliciosas.

«Duas famílias na vizinhança estão envolvidas em conflitos. Tratam-se de pessoas pobres e a maioria das zangas começou com ataques verbais das mulheres, enquanto os maridos estavam fora para trabalhar», declarou o inspetor da polícia Prashant Kumar.

Depois de no Paquistão um polícia ter acusado um bebé de nove meses de homicídio, esta é mais uma história bizarra de acusações graves contra crianças pequenas.