Israel está disposto a prolongar o cessar-fogo em vigor na Faixa de Gaza para além de sexta-feira, numa altura em que continuam no Cairo as negociações para pôr fim ao conflito.

O Hamas já fez saber que se nada mudar nestas negociações, a trégua termina mesmo na sexta-feira.

A França, a Alemanha e o Reino Unido propuseram, entretanto, a reabertura da fronteira de Rafah, entre Gaza e o Egipto para permitir o fluxo de bens e pessoas.

A Turquia também está em conversações com Israel e com o Egito para a criação de um corredor aéreo. Ancara pretende entregar ajuda humanitária em Gaza e retirar feridos para serem tratados em território turco.

Esta quarta-feira, o secretário-geral das Nações Unidas, considerou que a destruição em Gaza é uma vergonha para o mundo.