A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira os decisores políticos, profissionais de saúde e o público para as «mortes silenciosas» de 1,4 milhões de pessoas por ano por causa das hepatites, defendendo o alargamento da vacinação.

Em nota a que a Lusa teve acesso, a OMS considera que «as hepatites virais - um grupo de doenças infeciosas conhecidas como hepatite A, B, C, D, e E - afetam centenas de milhões de pessoas em todo o mundo, causando doença hepática aguda e crónica e matando perto de 1,4 milhões de pessoas a cada ano».

A OMS pretende ver «ampliada a cobertura da vacina da Hepatite B e integrada esta vacina nos programas nacionais de imunização», e que haja «uma resposta global contra as hepatites virais», destaca a nota.