Dois rapazes, duas pernas, quatro braços, unidos pelo tronco, uma vida em comum que já dura há 12 anos.

Shivanat e Shivram Sahu são gémeos siameses e embora partilhem vários órgãos, nomeadamente o estômago, os médicos acreditam que conseguiriam separar os dois irmãos.

No entanto, apesar das dificuldades que enfrentam no seu dia-a-dia, Shivanat e Shivram não querem ser separados e querem ficar assim até serem velhinhos, como revelam a uma reportagem da Barcroft TV.

Os médicos compreendem por que os gémeos indianos e o pai não desejam a separação. O resultado implicaria sempre que as pernas fossem para um e o outro ficasse paraplégico. Uma decisão que não querem tomar, até porque os irmãos nunca discutem. Tudo é um trabalho de equipa. Lavam-se a meias, andam de bicicleta e jogam cricket. E até são bons alunos.

Um caso de gémeos siameses ocorre a cada 200 mil gravidezes, em média, acrescenta o «Huffington Post».