Israel anunciou esta quarta-feira à noite uma trégua humanitária de apenas cinco horas na ofensiva contra a Faixa de Gaza. Mas a mobilização de efetivos para a guerra continua, com 48 mil efetivos já convocados.

O exército israelita advertiu esta quarta-feira para que cerca de 100 mil habitantes abandonem as suas casas no norte da Faixa de Gaza, informaram fontes militares.

Uma terra a ferro e fogo, numa guerra sem fim. O fim de quatro rapazes aconteceu numa praia de Gaza. O funeral levou centenas de homens indignados para a rua.

Tinham todos menos de 15 anos e estavam a jogar futebol à beira mar. Foram atingidos por uma lancha que disparou uma vez. E depois uma segunda. Outros quatro rapazes estão em estado crítico.

A marinha israelita disse que está a investigar o que aconteceu. Entretanto, Israel empenha-se em mostrar que tem cuidado com os civis de Gaza.

Desde o dia 8 de julho, militantes do Hamas atiraram cerca de mil rockets contra o território israelita, enquanto Israel levou a cabo 1.500 raides na Faixa de Gaza, segundo o exército israelita.