Na sequência dos novos ataques israelitas













Hamas tinha recusado o prolongamento da trégua