Uma família americana, da Flórida, faz caça a tesouros há vários anos. No fim de semana, descobriu um com um valor de cerca de 300 mil dólares, o que corresponde a 228 mil euros. A descoberta foi feita no Oceano Atlântico entre os destroços de onze navios naufragados em 1715.

«O que é realmente interessante neles é que são uma família, passam o tempo em família juntos à procura e o mais giro é que sempre acreditaram que este dia ia chegar», disse Brent Brisben, dono de uma empresa que detém os direitos sobre os destroços, segundo a Reuters.

Rick e Lisa Schmitt, juntamente com os filhos Hillary e Eric, descobriram correntes e moedas de ouro nos destroços de 11 barcos que afundaram em 1715 por causa de um tornado que passou na costa da Flórida.

Do naufrágio, conseguiram recuperar-se 175 milhões de dólares em ouro de um total de 400 milhões que afundaram juntamente com os barcos, referiu Brisben.

De acordo com Birsben, Eric Schmitt já tinha encontrado uma bandeja de prata avaliada em 25 mil dólares em 2002.

De acordo com a lei norte-americana, o tesouro será posto sob custódia do tribunal da Flórida enquanto o estado terá permissão para tomar posse até 20 por cento da descoberta para disposição em museus. O restante será divido entre a empresa de Brisben e a família de Rick Schmitt.