Uma família de Nova Iorque, nos Estados Unidos, descobriu, por acaso, o paradeiro do filho Nicholas Simmons, de 20 anos, desaparecido desde o dia de Ano Novo.

Os pais estavam a ver no jornal quando uma fotografia de um sem-abrigo em Washington lhes chamou a atenção. O rapaz, embrulhado num cobertor e sentado no chão perto do Capitólio era, afinal, o filho desaparecido há menos de uma semana em Nova Iorque.

O desaparecimento do filho de 20 anos foi reportado no próprio dia às autoridades, mas nada se sabia até à data. A família continua sem saber por que é que Nicholas não regressou a casa e como é que foi parar a Washington. Nas redes sociais, a mãe reconhece que o filho está perturbado, mas o mais importante é o reencontro e protegê-lo no calor de casa.

A irmã de Nicholas contactou de imediato o «USA Today». As fotografias tinham sido tiradas por uma repórter da AP. A união dos esforços permitiu a localização do jovem que estava a viver na rua e o seu reencontro familiar.

Os Estados Unidos têm enfrentado nos últimos dias temperaturas muito baixas, que podem chegas aos cinquenta graus negativos.