O grupo de seis pessoas desaparecidas no Nevada, Estados Unidos, foi encontrado na terça-feira e os dois adultos e as quatro crianças estão bem.

O alerta do desaparecimento de James Glanton, de 34 anos, e dos dois filhos, juntamente com a namorada, Christina McIntee e dois sobrinhos, foi dado no domingo. O casal e as quatro crianças com idades compreendidas entre os dez e os três anos não regressaram a casa depois de saírem para um passeio na neve.

Com o cair da noite, caíram também as temperaturas. O mau tempo que se tem feito sentir em algumas partes dos Estados Unidos tem levado a uma queda das temperaturas. No Nevada estiveram mais de 20 graus negativos.

Sem tempo a perder, a comunidade juntou-se nos últimos dias e percorreu uma área de centenas de quilómetros na esperança de encontrar o grupo vivo. A mãe de uma das meninas também foi para o terreno naquelas que foram as «horas mais longas e difíceis da sua vida», como disse à CNN.

Um grupo de populares e uma equipa de busca localizaram o jipe da família com os seis lá dentro, na terça-feira. A família foi internada no hospital de Pershing County, apenas por precaução. Uma história com um final feliz graças ao pragmatismo do casal.

James e Christina explicaram que depois do jipe ter capotado, aqueceram pedras e colocaram-nas dentro do pneu sobressalente, no interior do carro, de modo a aquecer as crianças. Não abandonarem o veículo na esperança de encontrar ajuda foi outra das atitudes acertadas.

Com bons agasalhos e alguma água e comida, o grupo conseguiu sobreviver, embora a comida já começasse a escassear quando foram encontrados 48 horas depois do alerta. Um dos salvadores tinha uma barra de cereais no bolso que partilhou logo com a família.