Um sargento norte-americano viajou 8.000 quilómetros para adotar um pastor alemão que serviu a seu lado durante quatro anos no Iraque. O reencontro aconteceu ao fim de um ano e não poderia ter sido mais enternecedor.

David Simpson, que deixou a missão da Força Aérea um ano antes por motivos médicos, acabando por reformar-se antecipadamente, ficou inconsolável com a separação de «Robbie», com o qual patrulhou várias cidades iraquianas.

O cão continuou no Iraque mais um ano, mas o ex-militar nunca perdeu de vista o fiel companheiro.

Foi então que recebeu a notícia que mais desejava. «Robbie» estava de regresso à Alemanha, à base militar norte-americana em Spangdahlem, e David não perdeu tempo em viajar até à Europa a custas próprias.

«Foi muito difícil separar-me dele. Não tinha sequer ideia se ele sentiria o mesmo. Felizmente, foi uma separação temporária», contou David Simpson à Fox 13.

«O meu objetivo agora é que ele tenha uma vida cheia de alegria até ao fim. Quero apenas que ele disfrute da reforma», disse o ex-militar, residente na Florida e pai de três filhos menores, com os quais partilha «Robbie».

O reencontro na Alemanha foi filmado e posteriormente colocado no Youtube, tornando-se viral em poucas horas.