Um juiz federal declarou na segunda-feira inconstitucional a ordem municipal de Chicago (Illinois) que proíbe a venda e trespasse de armas de fogo nesta cidade, uma das mais violentas de todo o país.

O juiz Edmond E.Chang argumentou que esta norma municipal «vai demasiado longe ao proibir completamente que compradores e distribuidores legais possam levar a cabo aquisições e vendas lícitas de armas».Uma decisão que surge um mês do aniversário na escola de Newtown que matou 20 crianças.

A decisão do juiz federal, que poderá ser contestada por recurso do governo municipal, é a última de uma extensa lista de resoluções e opiniões contra uma das legislações sobre o controlo de armas mais estritas de todo o país.