A caixa é grande e transparente e mais parece um aquário. Lá no fundo, como depositada no fundo do mar já estão algumas notas, mas há a esperança de conseguir enchê-la até acima, como um oceano.

A caixa de donativos foi instalada em Herat esta terça-feira, no Afeganistão, para ajudar as vítimas do deslizamento de terras que provocou mais de duas mil mortes .

Quem se salvou, não vive, sobrevive, num campo de refugiados improvisado.

As terras cederam a vários dias de chuva e, na semana passada, a aldeia de Ab-e-Barik «desapareceu».