Os restos mortais de 17 militares dos EUA, falecidos devido à queda de um avião no Estado do Alasca em 1952, foram recuperados mais de seis décadas depois, informaram fontes oficiais na quarta-feira.

Outros 35 corpos continuam dados como desaparecidos e a ser procurados no local remoto da queda, adiantou o Departamento da Defesa, em comunicado.

O avião C-124 Globemaster despenhou-se em 22 de novembro de 1952, quando se dirigia do Estado de Washington para a base da força aérea em Elmendorf, no Alasca, com 41 passageiros e 11 tripulantes.