Uma equipa de seis cientistas de diferentes países, a maioria deles sediados no Brasil, descobriu uma nova espécie de golfinho de rio. Os mamíferos vivem no Araguaia, um afluente do Amazonas.

O animal, que foi baptizado de Inia araguaiaensis, junta-se agora às cinco espécies conhecidas de golfinhos de rio.

De acordo com o jornal espanhol «El País», os investigadores estimam que existam 1000 exemplares vivos da espécie, sugerindo também que o animal seja considerado «vulnerável» pela União Internacional para a Conservação da Natureza. Isto porque a nova espécie é ameaçada pelo desenvolvimento e construção de barragens de energia hidroelétrica.

A pesquisa genética mostra que estes golfinhos são suficientemente diferentes dos seus primos, o golfinho do rio Amazonas e o golfinho de rio boliviano, para serem considerados uma espécie distinta. Apesar de ser parecida, a nova espécie apresenta um crânio maior e menos dentes.