Um programa de televisão no Reino Unido vai convidar casais a fazerem sexo numa caixa, em estúdio, sendo entrevistados logo a seguir.

De acordo com a edição online do jornal «The Guardian», o «Sex Box» («Caixa do Sexo»), que irá ser emitido no Channel 4, pretende alargar a discussão sobre o sexo no Reino Unido e diferenciar uma relação sexual de pornografia.

Três casais, dois heterossexuais e um homossexual, irão, à vez, fazer sexo numa caixa opaca, à prova de som e, mal terminem, irão ser entrevistados pela apresentadora Mariella Frostrup e um painel de especialistas na matéria.

A apresentadora antecipa que algumas pessoas vão ficar chocadas com o conceito do programa, mas defende que, «em última análise, foi muito maduro, surpreendentemente para uma televisão, olhar para um assunto que sempre tem sido abordado a partir dos piores ângulos».

«O sexo que vemos no cinema, na televisão, nas revistas e cada vez mais na Internet tem pouca relação com as experiências reais de pessoas reais. Este programa proporcionará uma conversa franca sobre um elemento essencial nas nossas vidas», diz a apresentadora em entrevista ao «The Guardian».

O produtor de a «Caixa do Sexo» afirma ao «Daily Mail» que a equipa teve o cuidado de não escolher «exibicionistas» para o reality show. Ralph Lee admite que foi difícil encontrar participantes, mas adianta que os três casais têm «razões pessoais» para ir ao programa.

«Alguns sentem que a sua vida sexual não está representada nos meios de comunicação social, por isso é uma oportunidade para mostrar o tipo de sexo que fazem», explica.

A estreia do programa está marcada para 7 de outubro, no Reino Unido.