Um artista italiano, Alexandro Palombo pegou em figuras de banda desenhada bem conhecidas, da Branca de Neve à Cinderela, dos Simpson ao Super-Homem para chamar a atenção para o problema da violência doméstica.

«No violence against women» (Acabar com a violência sobre as mulheres», mostra as figuras animadas com os olhos negros ou violentadas.

A ideia de ver estas personagens com rostos esfacelados choca e, os números reais, também, com os casos de violência doméstica que atravessam todos os países, sociedades ou classes sociais, a mostrarem que os casamentos (ou relações) são muitas vezes contos sem um final feliz.

Ao «Daily Mail», o artista afirmou que este é um problema tão disseminado que a vítima e o agressor pode ser qualquer um» e a volência doméstica pode ser uma realidade até «nos casais que aparentam ser normais».

E deixa ainda uma pergunta, que é também uma provocação: «que tipo de homem és tu?».

Alexandro Palombo já fez outra campanha do género usando as personagens animadas para sensibilizar o público para os problemas dos deficientes motores, colocando, por exemplo, a Cinderela, de cadeira de rodas, a receber o sapato. Um assunto que lhe é caro já que ele perdeu uma perna há alguns anos devido a um cancro.