Um homem terá sido detido numa rusga da polícia de Manchester após denuncia de se ter gabado de ter visto a Madeleine McCann viva há algumas semanas.

A notícia é avança da pelo tablóide inglês «Daily Mirror», que cita uma fonte próxima do casal McCann. A detenção aconteceu após uma denúncia de que a Madeleine pode ainda estar viva», cita o jornal.

O suspeito detido terá conhecido a criança, este verão, numa ilha do Mediterrâneo. O jornal refere que esta detenção é descrita como «potencial e altamente significativa».

Os computadores do indivíduo suspeito foram apreendidos na sua residência.

Esta detenção surge após a reabertura da investigação por parte da Scotland Yard.

Retratos de suspeitos no programa Crimewatch

A polícia britânica vai divulgar na segunda-feira retratos falados de homens que quer contactar no âmbito da investigação do desaparecimento de Madeleine McCann no Algarve, em 2007, através de um programa televisivo.

Os homens têm língua alemã, mas desconhecem-se mais detalhes sobre o grau de envolvimento sobre o desaparecimento da criança britânica.

O programa Crimewatch da BBC, que será transmitido na noite de segunda-feira no Reino Unido e também na Alemanha e Holanda, vai ainda apresentar um cronograma dos acontecimentos relativos ao desaparecimento da menina britânica do apartamento de férias da família, apenas alguns dias antes do seu quarto aniversário.

O programa contará com uma reconstrução dos acontecimentos de 25 minutos e entrevistas com os pais Gerry e Kate McCann, que lançaram uma campanha mundial para encontrar a filha, mantendo a esperança de que ela esteja ainda viva.