Bastou um momento de distração para que o pior acontecesse. Um bebé de cinco meses morreu, esta quinta-feira de manhã, depois de ter sido pousado pela mãe num tapete rolante para recolha de bagagens especiais no aeroporto de Alicante, em Espanha.

De acordo com um porta-voz da Guardia Civil, citado pela Sky News, «a mãe pousou a alcofa em que o bebé se encontrava em cima do tapete rolante, que estava parado, mas que pode ser ativado automaticamente pelo peso ou então por um funcionário do aeroporto».

A mãe, de nacionalidade norte-americana, e o bebé encontravam-se no terminal de bagagens dum voo que provinha de Londres. O pai, de nacionalidade canadiana, esperava pela família na zona de chegadas do aeroporto, quando o incidente aconteceu por volta das 11:30.

«O tapete rolante onde os passageiros recuperam as bagagens especiais, como carrinhos de bebé e objetos de grandes dimensões», foi ativado sem que a mãe da criança se desse conta. «O peso do bebé terá ativado o tapete rolante e a criança acabou por ficar presa nos rolos na zona de rebaixamento», explica o mesmo porta-voz da polícia espanhola.

«Tudo indica que se tratou de um acidente, de um momento de distração da mãe». Mas as circunstâncias exatas da morte do bebé «estão sob investigação», acrescenta o mesmo responsável.

Os serviços médicos do aeroporto tentaram fazer a reanimação do bebé, mas sem sucesso. O óbito foi declarado no local pelo médico de serviço. As autoridades aguardam agora os resultados da autópsia que deverão ser divulgados na sexta-feira.