O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, apadrinha uma campanha contra a violência sexual. O vídeo «1is2many» coloca caras bem conhecidas do público e o próprio vice-presidente, Joe Biden, a falar sobre um tema tão delicado como a violação sexual.

Daniel Craig, Benicio Del Toro, Dulé Hill, Seth Meyers e Steve Carell explicam em 60 segundos por que «um caso de violação já é de mais».

«Temos um grande problema e precisamos da sua ajuda», começa por dizer Benicio Del Toro.

«Cabe a todos nós por fim ao abuso sexual», intima o presidente dos Estados Unidos sentado à secretária. Um problema público e um «problema de todos nós» que, por isso, «todos devem fazer parte da solução», dizem os outros intervenientes, apelando a que as pessoas denunciem casos de violação e não culpem as mulheres mas aqueles que as agridem ao praticar sexo sem o seu consentimento.

Mulheres que podem ser «as nossas irmãs e as nossas filhas», exemplifica Steve Carrell, o ator conhecido pelo seu humor e que empresta aqui a sua figura a um papel bem sério.

A campanha da administração Obama só requer 60 segundos da sua atenção, mas dá que pensar todos os minutos, por «um caso já é de mais».