Mais de 60 passageiros do voo da CityJet, que fazia a ligação entre Londres e Florença, não ganharam para o susto, quando pouco depois de descolarem tiveram de regressar ao Aeroporto da Cidade londrina na sequência da queda de parte da asa.

Após a descolagem, pelas 07:30 locais desta quinta-feira, os passageiros ouviram um estrondo e alguns viram um pedaço, com cerca de dois metros, da asa esquerda soltar-se.

Um jornalista do The Telegraph seguia a bordo e descreveu ao jornal o que se passou no curto espaço de tempo que estiveram no ar.

«O estrondo fez as pessoas saltarem nos lugares e questionarem-se de imediato se a sua segurança estaria em risco. Teria o piloto se apercebido do que aconteceu? Não parecíamos estar em queda, mas houve ali uns longos minutos de tensão», descreveu.

Uma hora depois de terem aterrado em segurança, os 60 passageiros a bordo voltaram a levantar voo rumo a Florença, noutro aparelho.

De acordo com a companhia aérea irlandesa, «soltou-se a cobertura do mecanismo operacional da asa». «O controlo aéreo foi de imediato notificado e o avião aterrou normalmente», acrescentaram.

Já está em curso uma investigação interna para apurar as causas do incidente, mas a CityJet espera que este avião possa voltar a descolar ainda hoje.

O Avro RJ85, com capacidade para 95 lugares, foi concebido para pequenos trajetos e, neste momento, há 23 em atividade, de acordo com a CityJet.