Um avião militar americano fez um desvio após a aproximação de um aparelho militar russo, numa altura em que as relações entre os dois países decaíram imenso com o crescer da tensão na Ucrânia.

O episódio ocorreu a 18 de julho, mas só agora foi conhecido dos media, como dá conta a Reuters.

Ambos os aparelhos sobrevoavam o mar Báltico. Os Estados Unidos fazem, no âmbito da NATO, várias missões de reconhecimento na região. Por seu turno, o enclave de Kaliningrad, entre a Polónia e a Lituânia, é fortemente militarizado por forças do Kremlin.

Perante a aproximação, as autoridades norte-americanas encaminharam o seu avião para o espaço aéreo sueco.

Todavia, a Suécia não faz parte da NATO, pelo que, uma vez detetado o engano, o aparelho abandonou aquele espaço aéreo, informaram as autoridades suecas.