A revista «The Week» fez uma lista das 10 profissões que têm mais psicopatas e outra das que têm menos.

Um psicopata é uma pessoa com um distúrbio de personalidade, caracterizado por comportamentos antissociais, emoções superficiais (o medo, por exemplo, é mais reduzido), tolerância ao stress, falta de empatia, egocentrismo, capacidade de manipulação e impulsividade.

As 10 profissões com mais psicopatas:

1- CEO (diretor executivo de uma empresa)

2- Advogado

3- Profissional dos média (rádio e televisão)

4- Vendedor

5- Cirurgião

6- Jornalista

7- Polícia

8- Líder religioso

9- Chef

10- Funcionário Público

Estas profissões exigem objetividade, energia e ausência de sentimentos nas decisões, pelo que atraem os psicopatas.

As 10 profissões com menos psicopatas:

1- Prestador de cuidados de saúde

2- Enfermeiro

3- Terapeuta

4- Artesão

5- Esteticista/Estilista

6- Trabalhador que faz caridade

7- Professor

8- Artista

9- Médico

10- Contabilista

Estas profissões exigem uma maior aproximação humana, envolvem sentimentos e não proporcionam muito poder, características que não atraem os psicopatas.