A polícia da Florida, nos Estados Unidos, e o departamento local de proteção de menores estão a investigar o vídeo que foi divulgado a 26 de abril no Instagram e que mostra o pai a empurrar um menino de seis anos por uma rampa de skate.

O vídeo foi feito por outro skater que se encontrava no parque e que assistiu ao momento.

O pai já foi identificado. Chama-se Marcus Crossland, e o menino ficou aparentemente bem e voltou a brincar com o skate nessa tarde. Mas, a atitude do pai perante o medo da criança tem sido desde então reprovada, nomeadamente, nas redes sociais.

A polícia não adianta mais dados sobre o caso, que continua sob investigação, mas a porta-voz do serviço de proteção de menores confirmou que o seu departamento também está a analisar o vídeo «alarmante», acrescentando que não tem só a ver com o vídeo, mas «a situação da criança em casa». Disse ainda que «o vídeo é muito perturbante e que qualquer criança naquela situação está em risco».