A autoridade para a Segurança Rodoviária da Irlanda do Norte divulgou um anuncio na televisão em horário-nobre que está a gerar polemica pela brutalidade das imagens.

No anúncio reconstrói como um despiste automóvel, consequência do excesso de velocidade, ceifou a vida a 28 crianças em 2000.

No vídeo vê-se um grupo de crianças do pré-escolar a sair da sala de aula para brincar na floresta. Um automobilista em excesso de velocidade despista-se, capota e abalroa mortalmente as crianças que estavam sentadas a brincar (as imagens no vídeo são suscetíveis de ferir a sensibilidade).



O ministro irlandês responsável pela segurança rodoviária defende o vídeo. Mark Durkan afirma que o objetivo da campanha é um desafio e apela à brutalidade das imagens para denunciar as reais consequências do excesso de velocidade na estrada.

Esta não é, contudo, a primeira vez que o Ministério do Ambiente da Irlanda do Norte, que tutela a segurança rodoviária, usa imagens fortes para passar a mensagem de prevenção e alerta sobre o perigos na estrada. Em 2010 o anúncio não foi menos polémico (as imagens no vídeo são suscetíveis de ferir a sensibilidade).