Um adolescente de 15 anos, nos Estados Unidos, foi preso no início da semana, ao tentar incendiar uma professora durante a aula de ciências. O aluno de Knoxville, no Estado do Tennessee, aproximou-se de Gabriela Peñalba, de 23 anos, no momento em que ela virou as costas para a turma e, com um isqueiro, ateou-lhe fogo ao cabelo e à roupa.

De acordo com o site britânico Daily Mail e o norte-americano The Huffington Post, a professora atirou-se ao chão e foi salva por outros alunos. Os estudantes foram rápidos a ajudar Gabriela Peñalba, apagando as chamas antes que a professora tivesse ferimentos graves.

Quando a professora deixou o local, o responsável pelo crime, cujo nome não é divulgado por causa da idade, tentou livrar-se do isqueiro atirando-o pela janela. O adolescente conseguiu fugir da sala, mas foi detido pela polícia horas depois.

O jovem admitiu que tentou incendiar a professora, mas os motivos ainda não foram esclarecidos. Por ser menor, ele será julgado num tribunal especial por agressão e por tentativa de fuga da abordagem policial. O adolescente também vai ser alvo de uma ação disciplinar aplicada pelo conselho diretivo da escola, a West High School, em Knoxville.