Uma mulher de 33 anos quase morreu poucas semanas depois de ter dado à luz a filha. Donna Cross foi esfaquada depois de pedir a um grupo de jovens que estava na rua, junto à sua casa, para fazerem menos barulho, já que a bebé de dois meses tinha acordado.

O incidente aconteceu na última terça-feira, em Chatham, Kent, no Reino Unido. A mulher foi esfaqueada no peito, acima do coração, por um dos membros do grupo e teve de ser operada de urgência.

O namorado, Jon Stone, explicou ao jornal local Kent Online que só se apercebeu do que tinha acontecido quando viu sangue.

Pensei que ela ia morrer. Só conseguia pensar na hipótese da nossa bebé ficar sem mãe”, contou.

Donna Cross, que tinha sido mãe oito semanas antes, contou que depois de a esfaquearem, o grupo fugiu. Segundo o namorado, a mulher foi atacada por uma rapariga com cerca de 18 anos.

Na sequência dos acontecimentos, um rapaz de 19 anos foi detido, mas acabou por ser libertado sem acusação.

Isto devia ser tratado como uma tentativa de homicídio”, defendeu Jon Stone.