Um raríssimo tubarão-boca-grande foi capturado ao largo da costa de Shizuoka, no Japão. A fêmea da espécie Megachasma pelagios, com cerca de 3,96 metros, foi apanhada a uma profundidade de cerca de 792 metros, avança a GrindTv.

Segundo a mesma fonte, que cita a WPTV, este foi o 58º animal desta espécie a ser visto ou capturado. A primeira captura documentada de um espécime destes foi em 1976, segundo o Museu de História Natural da Florida (FMNH), nos EUA.

Mais de 1500 pessoas reuniram-se no Museu de Ciência Marinha para assistir à autópsia do animal. Os cientistas esperam que a autópsia os ajude a perceber mais sobre este tipo de espécie.

Estes tubarões podem crescer num máximo de 5 a 5,5 metros de comprimento e só foi reconhecida como espécie há 30 anos, quando o primeiro tubarão-boca-grande foi capturado por um navio da Marinha Norte-americana no Hawai.