Rusly Habibie, o governador da província de Gorontalo, afirma que alguns chefes mantêm relações com as secretárias. Para evitar que continuem, decidiu substituir as secretárias por homens.

«Eles tratam as secretárias melhores do que as próprias mulheres. Trazem-lhes presentes das viagens de trabalho», referiu o governador à AFP.

«Por estas razoes, disse-lhe que deviam mudar as secretárias para homens ou então mulheres mais velhas e não atraentes», acrescentou.

Habibie está convicto de que os seus subordinados cumprirão o pedido.