O grupo islamita Abu Sayyaf sequestrou pelo menos dez indonésios após tomar de assalto o cargueiro em que seguiam, perto da ilha de Tawi-Tawi, no sul das Filipinas, informaram fontes oficiais.

Os relatórios dos serviços de informação militar de Mindanao Ocidental apontam que o assalto foi ordenado por Alhabsy Misaya, um dos líderes do grupo extremista, declarou o general Demy Tejares, citado pelo diário Inquirer.

Um número indeterminado de terroristas tomou, este fim de semana, um navio com bandeira de Taiwan a bordo do qual viajavam os indonésios, para depois transferir a tripulação para a costa.