Uma neozelandesa foi condenada hoje na Indonésia a dez meses de prisão, alguns meses após ter sido detida em Bali com um charro, num país famoso pelas sanções severas contra a droga.

«Leeza Tracey Ormsby foi considerada culpada de consumo ilegal de droga e condenada a dez meses de prisão», declarou Parulian Saragih, presidente do tribunal do distrito de Denpasar, a capital de Bali, no sul da Indonésia.

A mulher de 37 anos tinha sido detida em Bali em fevereiro deste ano. A polícia descobriu o cigarro com substâncias ilegais na sua mala, assim como haxixe e comprimidos de 'ecstasy' escondidos num armário. No entanto, foi apenas julgada pela posse do charro, com as outras drogas a motivarem uma investigação à parte.