Angela Merkel foi distinguida esta terça-feira com o Prémio Indira Gandhi para a Paz 2013 pela sua «liderança exemplar na Europa e no mundo durante a crise financeira» global, noticiou o «Times of India», citando a agência PTI.

Um júri internacional presidido pelo primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, escolheu a chanceler alemã pela sua «liderança exemplar na Europa e no mundo durante a crise financeira» e o «comando do crescimento económico alemão».

A distinção, anunciada esta terça-feira pelo Indira Gandhi Memorial Trust, baseia-se igualmente no papel de Angela Merkel na «promoção da estabilidade económica global», no seu «compromisso com a paz universal e o desarmamento» e no seu «papel de liderança no fortalecimento de relações produtivas e mutuamente benéficas com a Índia e outros países em desenvolvimento».

O Prémio Indira Gandhi para a Paz, Desarmamento e Desenvolvimento foi criado em 1986 e nos últimos anos distinguiu nomeadamente o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva (2010), o ex-diretor da Agência Internacional de Energia Atómica Mohamed el Baradei (2008), o Presidente afegão, Hamid Karzai, (2005) e o ex-secretário-geral da ONU Kofi Annan (2003).