Um tribunal local do Rajastão, na Índia, ordenou os pais de uma menina de seis anos que foi violada a casarem-na com o filho do violador de oito anos.

Segundo conta o «The Times of India», a criança foi violada por Kailash, de 40 anos, em Keshavpura.

A família da menina não apresentou queixa da polícia e preferiu recorrer ao panchayat [espécie de tribunal local que funciona por castas].

A decisão de casar a criança com o filho do violador não foi aceite nem pelos pais dela, nem pelo próprio acusado.

Enquanto decorriam negociações entre os dois lados para resolver o problema, Kailash violou novamente a menina, na passada quarta-feira.

Desta vez, vários ativistas foram com ela à polícia e apresentaram uma queixa. O homem foi detido e foi iniciada uma investigação ao tribunal local.