Notícia atualizada às 10:24

Pelo menos 22 crianças morreram no norte da Índia, depois de terem consumido alimentos estragados que tinham sido oferecidos pelo Governo do Estado de Bihar, revela um novo balanço oficial citado pela agência EFE.

As crianças vítimas da intoxicação alimentar, com idades entre os oito e os 12 anos, tinham recebido os alimentos estragados durante o almoço na cantina de uma escola da localidade de Masrakh, no distrito de Saran.

Outros 35 alunos foram hospitalizados, dos quais dez estão em estado grave, de acordo com a imprensa local.