Um jovem na Índia foi atropelado por um comboio porque estava a tirar uma selfie. Segundo a BBC, o homem ignorou o aviso das pessoas que estavam à sua volta, bem como do motorista, e acabou mesmo por ser atingido. O incidente ocorreu na semana passada, numa estação férrea em Borabanda, e o vídeo rapidamente se tornou viral nas redes sociais.

O vídeo de 20 segundos foi partilhado no Facebook. As imagens mostram que o indivíduo permaneceu imóvel junto à linha, ignorando o apito do comboio e os avisos de quem estava à sua volta..

De acordo com informação da BBC, que cita a polícia local, T. Siva foi atingido na parte direita do corpo, em especial na zona da cabeça. Apesar de ter sobrevivido ao impacto, saiu com diversos ferimentos.

O homem teve de comparecer em tribunal, tendo-lhe sido aplicada uma multa de 500 rupias, o equivalente a cerca de seis euros.

Na Índia, a gravação de vídeos à frente de comboios em movimento tem-se tornado uma moda.

Como reporta a BBC, em outubro do ano passado três adolescentes foram atropelados por um comboio no momento em que tiravam uma selfie e outros dois acabaram mesmo por morrer, no estado de Deli.

Os especialistas consideram que este é um exemplo que ilustra a obsessão dos jovens pelas redes sociais, levando-os, muitas vezes, a tomar atitudes radicais para conseguir uma simples selfie.

Segundo a Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos da América, a maioria dos casos reportados tiveram lugar na Índia, sendo que, dos 127 registados entre março de 2014 e setembro de 2017, 76 aconteceram neste país. Muitos deles referem-se, também, a rapazes.

Eles acreditam que posar para uma fotografia com o melhor amigo junto à linha do comboio é uma metáfora romântica para a eternidade daquela amizade”, explicou o catedrático Hemank Lamba à BBC.

Piyush Goyal, ministro responsável pelos transportes em linhas férreas na Índia, publicou um alerta no Twitter para este tipo de selfies.