O presidente da Catalunha, Artur Mas, assinou este sábado o decreto de convocatória do referendo independentista de 9 de novembro, ao qual o Governo espanhol, liderado por Mariano Rajoy, vai opor-se com dois recursos interpostos no Tribunal Constitucional.

Artur Mas assinou o decreto no palácio do Governo regional em Barcelona, na presença dos restantes elementos do executivo catalão e da presidente do parlamento daquela região espanhola, Nuria de Gispert.

O decreto será agora publicado no diário oficial da Catalunha da Lei das Consultas, aprovada pelo parlamento regional na sexta-feira.