Os líderes da sublevação pró-russa na província ucraniana de Donetsk disseram este sábado que esperam uma elevada participação no referendo independentista que se realiza domingo, apesar da «situação de guerra» que se vive na região.

«Concorda com a proclamação de autonomia estatal da República Popular de Donetsk?» é a pergunta que consta do boletim impresso em russo e ucraniano que os eleitores vão receber no domingo.

O chefe da comissão eleitoral da autoproclamada «república popular de Donetsk», Roman Liaquin, disse hoje em conferência de imprensa que as sondagens indicam que a participação vai ser de 70 por cento, o que significa que mais de três milhões de pessoas vão votar.