Uma mulher de 43 anos foi arrastada pelo metro de Roma, em Itália, depois de a sua carteira ter ficado presa na porta da última carruagem. O incidente ocorreu na passada quarta-feira, depois de a mulher ter desistido de entrar no metro e tentado sair, quando as portas se fecharam.

O momento foi captado pelas câmaras de segurança do metro da capital italiana, que alegadamente mostram ainda que o motorista estava a comer enquanto conduzia o metro.

Num vídeo que já circula nas redes sociais, é possível ver o maquinista a arrancar e a mulher a ser arrastada até ao final da plataforma.

Natalya Garcovich foi transportada para o hospital, onde esteve internada nos cuidados intensivos, mas o seu estado de saúde já melhorou.

O maquinista Gianluca Tonelli acabou por ser suspenso e lamenta o sucedido.

“Eu sei que o que fiz foi errado e estou destroçado pelo que aconteceu à mulher. Nas imagens é possível verificar que olhei duas vezes pelo espelho", acrescentou.

Ao que tudo indica, os passageiros fizeram de tudo para tentar travar o metro, puxando as alavancas de segurança, mas sem êxito.

O caso já está a ser investigado pelas autoridades para serem apuradas as razões que levaram as alavancas de segurança a não funcionar.