A polícia de Atenas anunciou este sábado a prisão de dois homens, um grego e um búlgaro, suspeitos de terem contribuído, involuntariamente, para o início de fogos que deflagraram nos arredores da capital grega.

Os dois homens, de 58 e 67 anos, serão apresentados ao ministério público, que poderá dar início a um processo por incêndio involuntário.

Depois de ter chegado a vários bairros do nordeste de Atenas, ameaçando habitações, os incêndios foram dominados na noite de sexta-feira para sábado.